Blog@qui | História Nove

Espaço de reflexão sobre as aulas de História | Externato Maria Auxiliadora | Viana do Castelo

5.12.06

Afonso Costa


Explica o sentido da caricatura.

19 Comments:

  • At 12.12.06, Anonymous joao ferraz e tiago t. said…

    Com a presidência de teofilo braga, afonso costa foi chamado para vir ajudar no poder. este fez a lacização do estado em que separou a igreja por completo do estado. O que vemos na caricatura é afonso Costa a ''matar'' dois padres, ou seja, representa a atitude dele quanto à igreja.

     
  • At 12.12.06, Anonymous Ana 7ud!t & Ana Peter said…

    Afonso Costa, era advogado, e foi um dos políticos mais marcantes da 1º républica, tendo sido ministro da Justiça, no Governo Provisório.
    Esta caricatura, quer nos mostrar o acto de Afonso Costa, ao fazer a lacização do estado, separando, claro, a igreja do governo.
    Ou seja, aqui, a caricatira, quer exagerar o acto dele, "matando-os" (os padres), acto este que teve ao tirara a igreja do estado.

     
  • At 12.12.06, Anonymous Ana 7ud!t & Ana Peter said…

    *tirar

     
  • At 13.12.06, Anonymous Marta e Phyllipa said…

    Afonso Costa, ministro da justiça, foi o autor da lei de separação da igreja e do estado (laicização do estado). Nesta caricatura está a ser coroado pelo Diabo enquanto estrangula dois membros do clero.

     
  • At 13.12.06, Anonymous Anónimo said…

    A caricatura representa a rivalidade entre a República e a Igreja Católica.
    Esta representação cómica mostra-nos Afonso Costa a ser coroado pelo "diabo", enquanto asfixiava dos membros da Igreja Católica (clero).
    Afonso da Costa foi dos políticos mais distintos da 1ªRepública, tendo ele sido o responsável pela Lei de Separação da Igreja e do Estado. Daí, a razão da caricatura apresentada.

     
  • At 13.12.06, Anonymous Anónimo said…

    A caricatura representa a rivalidade entre a República e a Igreja Católica.
    Esta representação cómica mostra-nos Afonso Costa a ser coroado pelo "diabo", enquanto asfixiava dos membros da Igreja Católica (clero).
    Afonso da Costa foi dos políticos mais distintos da 1ªRepública, tendo ele sido o responsável pela Lei de Separação da Igreja e do Estado. Daí, a razão da caricatura apresentada.

     
  • At 13.12.06, Anonymous Márcia e Margarida =) said…

    O comment anterior é da Margarida e da Márcia.

     
  • At 13.12.06, Anonymous Vera said…

    Nesta imagem pode-se observar Afonso Costa, ministro da justiça, e o causador da Lei de Separação da Igreja e do Estado.
    Na caricatura ele está a esganar dois associados da Igreja.
    Entretanto, o demonio está a pôr-lhe uma coroa.

     
  • At 13.12.06, Anonymous Vera said…

    *continuaçao do meu comment:

    Isto pretende representar a disputa entre a República e o Clero.

     
  • At 13.12.06, Anonymous Gomes said…

    Esta caricatura pretende demonstrar a luta constante entre a república e o clero. Enquanto Afonso Costa estrangula dois membros do clero, o diabo coroa-o.

     
  • At 15.12.06, Anonymous Tiago Lima said…

    Afonso Costa foi chamado para ajdar o governo, então ele separou a igreja do estado.
    Na caricatura mostra Afonso Costa a "matar" dois padres que mostra o que ele fez a igreja.

     
  • At 16.12.06, Anonymous Nuno said…

    O ministro Afonso Costa tomou importantes medidas entra as quais algumas eram contra a Igreja, foi assim imposta a laicização do Estado, que consite na lei de separação da Igreja e do Estado, espulsão das ordens religiosas e nacionalização dos seus bens, estabelecimento do registo civil obrigatório, legalização do divórcio. Cresceu assim a rivalidade entre a Igreja e o Governo.

     
  • At 16.12.06, Anonymous Joao A. e Flavio said…

    Afonso Costa era um advogado que foi chamado por Teófilo Braga para ajudar no poder tornando-se ministro da justiça. Ele conseguiu separar completamente a igreja do estado. Esta caricatura representa Afonso Costa a Matar dois padres, e tem um diabinho as costas que talvez represente um pouco da sua maldade

     
  • At 16.12.06, Anonymous Luciano André said…

    Afonso Costa um politico muito importante na 1ª república foi chamado para ajudar no poder. de momento Teofilo Braga era presidente. Uma medida que foi logo posta por Afonso Costa foi a lacização da igreja em relação ao estado. Separou a igreja do estado os bens da igraja foram nacionalizados, foi proibido o ensino religioso nas escolas e as ordens religiosas foram expulsas.

     
  • At 17.12.06, Anonymous Gonçalo Martins said…

    A caricatura representa Afonso Costa que era um adevogado, professor universitário e também um politico republicano a separar a igreja do estado pois ele criou essa lei depois da implantação da républica enquando estava no governo provisório.

     
  • At 17.12.06, Anonymous *rita* said…

    Afonso Costa pôs em prética várias medidas, deportadas em três áreas: *legislação social
    *ensino
    *laicizão do estado, que consiste na separação da Igreja e do Estado, que é o que a caricatura está a representar.
    foie então criada como que uma barreira entre a Igreja e o Governo

     
  • At 17.12.06, Anonymous *rita* said…

    *prática

     
  • At 27.12.06, Anonymous Patrícia said…

    Afonso Costa tomou uma medida que consistia na laicização do estado, ou seja, separar o Estado da Igreja. Por isso se encontra na caricatura a matar dois membros do clero e a ser coroado pelo diabo, pois a partir da lei criada por Afonso Costa, poderia haver divórsios, expulsão das ordens religiosas e nacionalização dos seus bens, e estabelecendo também o registo civil obrigatório, coisas que não agradaram nem um pouco à Igreja e rivalizou-os, a Igreja e o Estado, ainda mais.

     
  • At 10.2.07, Anonymous Francisco Corte said…

    Aquando a presidencia de teofilo braga no governo provisorio foi chamado Afonso Costa para tomar algumas medidas, onde uma delas é reprersentada na caricatura. A caricatura representa Afonso Costa a estrangular dois membros do clero pois este separou a igreja do estado, expulsando as ordens religiosas e nacionalizando os bens destas. Legalizou po divorcio, aspecto contrariado pela igreja desde sempre. A estas medidas chama-se laicização do estado.

     

Enviar um comentário

<< Home