Blog@qui | História Nove

Espaço de reflexão sobre as aulas de História | Externato Maria Auxiliadora | Viana do Castelo

14.3.07

Desembarque da Normandia esteve em risco


Consulta este site e explica por que razão esteve em risco o desembarque na Normandia (Dia D).

16 Comments:

  • At 16.3.07, Anonymous Luciano André said…

    O desembarque na Normandia esteve em risco por causa das indiscrições de um historiador militar, que tinha sérias dúvidas sobre o plano de desembarque.
    Liddell Hart,o historiador militar, tinha dúvidas sobre o desembarque então escreveu uma critica que enviou a alguns dirigentes políticos e alguns responsáveis militares britanicos. Mais tarde como o palno devia ser só de conhecimento de alguns, e a critica ao desembarque estava a dar confusao o historiador foi interrogado sobre a fuga de informação. Ele e mais o general Tim Pileficaram depois sobre rigorosa vigilancia, e foi devido a estas indiscrições que o desembarque da Normandia esteve em risco.

     
  • At 17.3.07, Anonymous 7ud!te & Ana Pedro said…

    O desembarque dos Aliados na Normandia em 06 de Junho de 1944, que operou uma viragem decisiva na segunda guerra mundial, esteve em risco por causa das indiscrições de um conhecido historiador militar britânico, Basil Liddell Hart.

     
  • At 19.3.07, Anonymous ferraz said…

    O dia D, ou o desembarque na Normandia deu-se a 6 de Junho de 1944.
    Este dia fez a viragem decisiva para a guerra e esteve em risco por causa da indiscriçõs de um conhecido historiador britânico de nome Liddell Hart. Este historiador, devido às dúvidas do dia D, escreveu uma critica que enviou para quem estava no poder daquela situação. Este Homem foi interrigado por fuga de informação sobre este importante acontecimento. Devido a este incidente este historiador mais um general de nome tim piler thomas ficaram sobre uma vigilância rigorosa.

     
  • At 20.3.07, Anonymous Teixeira said…

    Um historiador britânico de nome Liddell Hart teve acesso aos pormenores militares do plano de desembarque das tropas aliadas da Normandia e não estando de acordo com partes deste plano escreveu uma crítica expondo o seu ponto de vista. A divulgação destes pormenores colocou em risco a continuação do plano.

     
  • At 21.3.07, Anonymous rita :') said…

    O desembarque da Normandia, também conhecido por Dia D (Dia Decisivo), deu-se no dia 6 de Junho de 1944, que consistiu numa viagem bastante decisiva na II Guerra Mundial. Rsta esteve em risco, devido às indiscrições de um historiador britânico de nome Basil Liddell Hart. este historiador, tinha dúvidas acerca do Dia D. Por isso, escreveu uma crítica, para quem liderava quele movimento. Devido a esta atitude, este hitoriador e mais um general de nome Tim Piler Thomas, ficaram sobre uma vigilância rigorosa.

     
  • At 21.3.07, Anonymous rita :') said…

    *Viragem
    *Esta

    só erros ... :/

    sry :/

    (:

     
  • At 21.3.07, Anonymous Patrícia said…

    Basil Liddell Hart, um conhecido historiador britânico, foi quem pôs o desembarque na Normandia em risco, devido às suas indiscrições, pois escreveu uma crítica sobre este desembarque e pouco depois várias pessoas já sabiam da existência deste ataque.

     
  • At 23.3.07, Anonymous Pedro Bartilotti said…

    A decisão da invasão O ataque aeronave sobre o território francês, calcularam os aliados, só poderia dar-se durante o verão europeu. Somente naquela estação era possível realizar-se uma operação na gigantesca escala desejada. Desde que Hitler desistira de invadir a Inglaterra em 1940, ele determinara a construção da chamada “Muralha do Atlântico”, um conjunto de fortificaç5es de concreto, em geral bunkers, que tinham a função de proteger as suas defesas de um ataque de surpresa vindo do mar.

     
  • At 23.3.07, Anonymous márcia e margarida =@ said…

    Dia D é um termo usado para intensificar o dia em que um ataque deve ser iniciado.
    Um dos Dias D mais famosos da história foi 6 de Junho de 1944. As tropas aliadas desembarcaram na Normandia para iniciar a libertação do território francês. Os alemães tiveram que recuar acabando por ser suas principais cidades, bombardeadas pelos aviões dos inimigos.
    Porém, o mau tempo fez com que esta fosse transferida para o dia 6 de Junho.
    Por estas razões, o desembarque na Normadia esteve em risco.

     
  • At 23.3.07, Anonymous joao andre said…

    O dia D ou o desembarque na Normadia, esteve em risco devido as indiscrições de Basil Liddel Hart, um Historiador militar, que duvidava do desembarque e por isso escreveu uma "critica", que foi mais tarde enviada para dirigentes politicos e militares britanicos. Devido a estes promenoe de fuga de informação o general Tim P. ordenou uma vigilançia suprema a costa para que nao houvesse o desembarque.

     
  • At 23.3.07, Anonymous joa andre said…

    * promenores de fuga

     
  • At 23.3.07, Anonymous Vera said…

    O Dia D (6 de Junho de 1944) esteve em risco, porque um historiador militar - Basil Liddell Hart - desconfiava dos planos de desembarque na Normandia e, por isso, escreveu uma crítica sobre o planeamento de desembarque e mandou para alguns dirigentes políticos.
    Devido a isto, foi acusado de fuga de informação, porque não era suposto as autoridades saberem.

     
  • At 23.3.07, Anonymous Gonçalo Martins said…

    O desembarque na Normandia esteve em risco pois houve uma fuga de informação por parte de Liddell Hart que teve acesso aos planos da operação de desembarque na Normandia e esteve a fazer criticas sobre ela. Mas não ficou só por aqui depois ele enviou essa critica para alguns generais Norte-Americanos.

     
  • At 23.3.07, Anonymous Phyllipa said…

    O desembarque na Normandia por parte dos Aliados esteve em risco devido ao meu tempo, devido ao qual foi transferido para o dia 6 de Junho de 1944.
    Para além dessa alínea, houve também o que podemos classificar como uma fuga de informação, por alguém que suspeitava do que iria suceder e alertou quem detinha o poder na Normandia, que logo reforçou a vigilância na costa!

     
  • At 25.3.07, Anonymous Nuno said…

    O desembarque na Normandia esteve em risco devido a uma fuga de informação devido a algum conhecedor da missão que informara Basil Liddell Hart, este desconfiado do sucesso do plano começou a discutir livremente tal manobra estratégica tornando-se esta bastante pública, o que levou a um enorme risco de esta informação chegar aos ouvidos dos nazis e da missão ser um completo desastre, mas felizmente tudo correu bem e a França foi liberta sem problemas...

     
  • At 8.5.07, Anonymous pedro e manel said…

    A decisão da invasão O ataque aeronave sobre o território francês, calcularam os aliados, só poderia dar-se durante o verão europeu. Somente naquela estação era possível realizar-se uma operação na gigantesca escala desejada. Desde que Hitler desistira de invadir a Inglaterra em 1940, ele determinara a construção da chamada “Muralha do Atlântico”, um conjunto de fortificaç5es de concreto, em geral bunkers, que tinham a função de proteger as suas defesas de um ataque de surpresa vindo do mar.

     

Enviar um comentário

<< Home