Blog@qui | História Nove

Espaço de reflexão sobre as aulas de História | Externato Maria Auxiliadora | Viana do Castelo

22.4.07

O Plano Marshall

1. Os objectivos do Plano Marshall

2. O auxílio prestado pelos EUA à Europa


A partir da citação e dos dados do gráfico, enuncia os objectivos do Plano Marshall e retira conclusões sobre os países que mais benefeciarm com este plano.

10 Comments:

  • At 24.4.07, Anonymous 7udite e Ana Pedro said…

    O plano de Marshall, foi uma politica de contentação, criada pelo presidente da America Truman, pois tinha a necessidade de conter o avanço comunista em todas as frentes dos EUA,quer através de intervenções militares, quer de ajuda económica.
    Os comunistas, ocupavam a Europa de Leste, e estavam cada vez mais a influenciar os países dos Ocidente, como a França, a Itália, a Grécia e também os EUA.
    O Plano de Marshall foi apenas aceite, pelos países da Europa Ocidental, pois esta doutrina, requeria um plano de auxilio financeiro a vários países Europeus.
    Esta medida contribui para aumentar o poder de compra dos Europeus e ao mesmo tempo beneficiando o próprio comércio Americano.

     
  • At 26.4.07, Anonymous Teixeira said…

    Após a Segunda Guerra Mundial todos os países da Europa Ocidental se encontravam numa situação financeira e económica bastante frágil em virtude da destruição de todo o aparelho produtivo que não estivesse direccionado para a Guerra. O medo que uma situação de crise pudesse levar as populações a aderir aos ideais comunistas defendidos pela União Soviética e seus parceiros fez com que os Estados Unidos, país que tinha aumentado o seu poderio económico e financeiro durante a Segunda Guerra Mundial, executassem um plano de ajudas financeiras e de bens alimentares para que estes países conseguíssem acabar com a crise. Se é certo que os Estados Unidos lucraram no futuro com esta situação também é verdade que foi esta a ajuda que permitiu o ressurgimento da economia Europeia.

     
  • At 28.4.07, Anonymous Franciscorte said…

    Após a segunda guerra mundial, os países estavam com necessidade de repor todos os danos causados pela guerra.
    Assim, nasceu nos EUA, um plano, o Plano de Marshall, que tinha como objectivo a reconstrução dos países saídos da guerra, com o renascimento de uma economia produtiva e uma estabilidade política.
    Este plano era um plano de contenção pois afirmava que os proprios EUA deveriam fazer tudo o que estava ao alcance deles para atingir tais objectivos.
    Este plano era contra a pobreza, a fome, o desespero e o caos.
    Assim, com o Plano de Marshall, todos os países, com excepção da Alemanha, subiram um pouco na economia, com principal incidencia na Grã-Bretanha, na França, na Itália, na RFA e na Holanda.

     
  • At 28.4.07, Anonymous Pedro Bartilotti said…

    O Plano Marshall, conhecido oficialmente como Programa de Recuperação Européia, foi o principal plano dos Estados Unidos para a reconstrução dos países aliados da Europa nos anos seguintes à Segunda Guerra Mundial. A iniciativa recebeu o nome do Secretário do Estado dos Estados Unidos, George Marshall.

     
  • At 30.4.07, Anonymous Patrícia said…

    O Plano Marshall foi um plano dos EUA para a reconstrução dos países europeus, seus aliados, desvastados pela Guerra que se encontravam em grandes dificuldades financeiras.
    O plano começou a ser desenvolvido em Julho de 1947 e prolongou-se por mais quatro anos, e foram gastos pelos EUA em media $13325,8.
    Deu-se o nome de Plano Marshall devido ao secretário de Estado dos EUA, George Marshall.

     
  • At 12.5.07, Anonymous Margarida e Márcia =) said…

    O Plano Marshall teve dois objectivos: travar o avanço do comunismo sobre uma Europa ocidental muito vulnerável na altura e reanimar o maior mercado das exportações americanas. A Europa do pós-guerra não tinha dólares e o Plano Marshall previa que 70 por cento da quantia destinava-se a ser gasta em produtos norte-americanos.
    Ao todo 16 nações foram abrangidas pelo plano Marshall, incluindo Portugal. O plano durou até 1952. As quantias foram administradas pela Organização da Cooperação Económica Europeia, que viria a tornar-se na OCDE que ainda existe.
    Quando terminou, a economia europeia tinha-se elevado cerca de 1/3 acima dos valores de antes da guerra e o expansionismo soviético tinha sido contido.
    O Plano Marshal foi assinado por Harry Truman faz hoje 59 anos.

     
  • At 29.5.07, Anonymous Anónimo said…

    O Plano Marshall

     
  • At 29.5.07, Anonymous Anónimo said…

    Com o plano de Marshall, o presidente Truman, prestou auxílio económico aos países da Europa Ocidental que se encontravam destruídos devido devido à segunda guerra mundial.
    Os objectivos dos EUA eram: travar o avanço comunista que se estava a alastrar à Europa, nomeadamente aos Países de Leste e intensificar o comércio entre EUA e Europa Ocidental, que depois de reconstruída aumentou o poder de compra. Filipa

     
  • At 31.5.07, Anonymous rita (: said…

    O Plano Marshal consistiu no Plano de auxílio financeiro que os EUA prestaram aos países Europeus.
    Este Plano, beneficiou bastante os países Ocidentais Europeus, e ao mesmo tempo os Estados Unidos, pois contribuiu para o beneficio do comércio Americano.

     
  • At 5.6.07, Anonymous Nuno said…

    O Plano Marshall foi um programa norte-americano destinado a recuperar as economias dos países do ocidente e sul da Europa, profundamente abaladas com a Segunda Guerra Mundial. Foi anunciado em Junho de 1947, num discurso na Universidade de Harvard, pelo Secretário de Estado George Marshall. O objectivo dos Estados Unidos da América era criar condições às nações europeias para o estabelecimento da democracia (travando assim o avanço para ocidente da influência soviética) e tornar dependentes dos EUA as economias da Europa.

     

Enviar um comentário

<< Home