Blog@qui | História Nove

Espaço de reflexão sobre as aulas de História | Externato Maria Auxiliadora | Viana do Castelo

3.10.06

O mapa-cor-de rosa

Explica sinteticamente o que foi a questão do mapa-cor-de rosa e o ultimatum a Portugal, resultanate daquela.

15 Comments:

  • At 4.10.06, Anonymous Luciano André e Tiago Lima said…

    Portugal tinha algumas colónias em Àfrica e pediu para que fizessem um novo mapa em assinala-se as colonias de portugal, mas surgiu um problema pois inglaterra tinha colonias para lá das nossas e para chegar a elas teria que nos pagar uma taxa e inglaterra nao queria isso entao mandou a portugal um ultimato no qual referia que portugal tinha que retirar as suas tropas imediatamente dali e que deixasse inglaterra passar. Devido ás ligaçoes que portugal tinha com inglaterra nao teve outra opçao senao a ceder .

     
  • At 4.10.06, Anonymous Ana Judyte e Ana Pedru said…

    O Mapa cor de rosa conciste numa elaboração feita por Portugal para apresentar a alguns países aliados, os territórios no continente africano que nos pertenciam, por direito de conquista, que era Moçambique, Angola, e o espaço entre estas duas colonias, que se chamava Chire.
    A Inglaterra opôs-se a este projecto, pois pretendiam atravessar o continente africano, de norte a sul, tendo de passar pelo territorio que Portugal ocupava, sendo o nosso país, para eles, uma espécie de obstáculo. Assim, os Ingleses enviaram um ultimato, ordenando que Portugal,abandonasse o projecto territorial, e, se nao o fizesse, declariam Guerra. Assim, Portugal obedeceu ao ultimato, pois, se nao o fizesse, iria ter graves problemas, perdendo tambem, o velho aliado de sempre.

     
  • At 4.10.06, Anonymous Gonçalo Martins e João Filipe said…

    Na conferência de Berlim ficou estabelecido que uma colónia só era de um país se o mesmo possuisse uma autoridade forte e que fosse habitado.
    Isso prejudicou os interesses de portugal pois era um país pequeno e não podia enviar pessoas e soldados para Angola e Muçambique.
    Então portugal mandou fazer algumas excursões pelos territórios coloniais e depois mandou elaborar um mapa onde fosse possivel ver o territorio colonial português.
    O instituto de geografia elaborou o mapa cor-de-rosa onde se encontravam a cor-de-rosa Angola Muçambique e a zona do chire e esse mapa foi enviado aos outros países.
    Inglaterra não gostou nada da atitude de portugal pois como ela possuia colónias no norte e sul de áfrica queria obter uma ligação entre elas para poder comercializar os produtos.
    Então enviou um ultimatum a portugal a dizer que se portugal não voltasse atrás na sua decisão a Inglaterra ia cortar as relações diplomáticas com portugal e ia começar uma guerra.
    Portugal viu-se obrigado a cerder pois não tava em condições de entrar em guerras.

     
  • At 4.10.06, Anonymous Márcia e Margarida said…

    No seguimento do esforço de ocupação dos territórios africanos a que se julgava com direito, Portugal elaborou um mapa para apresentar a alguns países aliados.
    Este mapa ficou conhecido por "mapa cor-de-rosa".
    A Inglaterra opôs-se ao projecto de alargamento territorial e enviou a Portugal um ultimato, em que fazia diversas ameaças.
    Portugal foi obrigado a ceder.

     
  • At 4.10.06, Anonymous Martita & Filipa said…

    Portugal elaborou um mapa (que mais tarde veio a ser conhecido por mapa-cor-de-rosa) para apresentar alguns paises aliados. Esse mapa ficou conhecido como mapa cor-de-rosa porque os territorios de moçambique e angola, e o espaço que unia essas duas colonias eram assinalados com essa cor.
    Em 1890, os ingleses obrigaram portugal a abandonar a zona de angola e moçambique, sobre a ameaça de um ultimato. Um ano mais tarde, foi assinado um tratado entre portugal e inglaterra, que fixou as fronteiras de angola e moçambique.

     
  • At 4.10.06, Anonymous Jó e Bárbara said…

    A 26 de Fevereiro de 1885, a França, Espanha, Estados Unidos, Grã-Bretanha, Itália, Países Baixos, Portugal, Rússia, Suécia, Noruega e Turquia assinaram um tratado em que ditava que as colónias pertenciam ao país que as povoasse, e não apenas por conquista, como era anteriormente. O tratado referia também que todos os países deveriam estar de acordo com os territórios ocupados pelos outros países, assinando um documento como prova. Portugal, ao possuir as colónias de Angola e Moçambique, elaborou um mapa para apresentar aos restantes países aliados cujo referia que as terras entre Angola e Moçambique a ele pertenciam, alegando que lhe pertencia por direito histórico. A Inglaterra, discordou desta proposta. Mas Portugal ingorou , alegando que o Chire lhe pertencia. Assim, após vários avisos Ingleses, estes enviaram um ultimato a Portugal em que declarava guerra se não abandonasse o país de Chire. O governo potuguês, vendo que o país não se encontrava preparado para iniciar uma guerra contra um país 'amigo, cedeu e retirou-se.

     
  • At 4.10.06, Anonymous Nuno&Loïc said…

    Portugal possuía ainda um extenso Império Colonial. Os principais territórios deste império são a Angola e Moçambique no entanto em cada uma delas habitava um diminuído número de pessoas. A independência do Brasil levou a que surgissem da parte de Portugal projectos para um melhor aproveitamento dos vastos espaços coloniais de África. Realizaram-se assim dezenas de viagens de exploração em direcção ao interior de África, estes territórios descobertos passaram a pertencer a Portugal, ligando a Angola a Moçambique. No entanto a Inglaterra possuía colónias tanto no norte como no sul de África e assim queriam obter ligações entre estas colónias. O único problema é que Portugal possuía o Chire tendo assim a Inglaterra que pagar impostos a Portugal para ultrapassar as portagens. A Inglaterra não aceitou isto e decidiu enviar um "ultimatum" a Portugal com a obrigação de Portugal se retirar deste território (Chire). Portugal sem grande espaço de manobra cumpriu as ordens e retirou-se deste território.

     
  • At 4.10.06, Anonymous joao ferraz e tiago santos said…

    o ultimato de3 inglaterra foi dado devido á persistencia de portugal em terras africanas que inglaterra necessitva transitar. mas protugal alegava que tinha sido ele a descobrir estas terras tendo o absoluto direito sobre elas. entao portugal perdiu uma elaboraçao de um novo mapa, chamado o mapa cor-de-rosa. inglaterra ameaçou que se portugal n cede-se ao seu ultimato entrariamos em guerra. isto nao convinha a portugal pois nao eramos tão fortes como inglaterra e também nao era razao para deitar anos de aliança entre estes dois países

     
  • At 4.10.06, Anonymous Francisco e diogo said…

    Portugal tinha em sua posse algumas colónias como Moçambique e Angola. Mas como na Conferencia de Berlim se tinha estipulado que uma colónia só era desse país se este o povoasse. Portugal não tinha quase nenhum povoamento nestes territórios e por isso A Alemanha e a Inglaterra estavam interessadas nestes territórios. Portugal também enviou algumas expedições militares para angola e Moçambique e pretendeu-se mewsmo ocupar a vasta zona entre estas duas colónias. Este projecto ia contra o plano da inglaterra de ligar " o cairo do Cabo". Face a esta situação toda a Inglaterra enviou um ultimatum a portugal. Este teve que ceder pois não tinha naquela altura força militar para enfrentar a Inglaterra.

     
  • At 4.10.06, Anonymous manuel e joao andre said…

    Potugal obtinha colonias africanas, e realizou uma mapa denominado de mapa cor de rosa, onde estavam assinaladas as colonias que estavam entre o territorio de angola e moçambique.A Inglaterra, teve uma reação inesperada.A majestade britanica insistia em que inviassem ao Governador Moçambicano instruçoes telegraficas, para que todas as forças mimlitares portuguesas situadas no Chile.em vigo Majestade Enchantress, ja estava a postos para avançar.

     
  • At 11.10.06, Anonymous Patricia & Rita said…

    A conferência de Berlim, reuniu todos os represententes dos paises europeus,onde decidiram, que os pises que povoavam as terras de africa tinham o direito de as dominar.
    Portugal que queria expandir os seus territorios entre angola e Moçambique, criou o mapa cor-de-rosa, que enviou aos países europeus incluindo a Inglaterra, para eles o aprovarem.
    A Inglaterra, queria possuir os territorios internos de África, entre o mediterrânio e o Cabo da Boa Espernça enviou um ultimatum a Portugal para que ele saisse desses territorios se nao a Inglaterra invadia e atacava Portugal e as suas colonias.

     
  • At 11.10.06, Anonymous alicia said…

    Portugal tinha colonias na africa mas como a inglaterra queria ficar com colonias que situavam se em cima ou perto das colonias de portugal,como a inglaterra nao queria pagar as taxas disse a portugal que devia deixa la passar ou entao a inglaterra declarava a guerrra a portugal como portugal sabia que nao ia conseguir vencer a inglaterra teve que aceitar as condiçoes que a inlaterra lhes pos......entao portugal na questao do mapa cor de rosa nem ficou mau nem ficou bem ficou com as suas colonias e nao ganhou nada....

     
  • At 10.12.06, Anonymous Vera said…

    Portugal possuía colonias africanas que eram: Angola e Moçambique e o territorio entre elas, ou seja, o Chire.
    A Inglaterra queria atravessar a África (de norte a sul) e, como Portugal tinha territórios na zona que ia ser atravessada, Inglaterra teria de passar pelo meio delas. Assim sendo, as colonias portuguesas passaram a impedir a Inglaterra de prosseguir com aquele "plano".
    Inglaterra enviou um ultimato que mandava Portugal abandonar as suas colonias e, se se recusasse, declarariam guerra.
    Como Inglaterra era nossa velha aliada,Portugal viu-se obrigado a ceder, e assim o fez.

     
  • At 13.12.06, Anonymous Pedro e Manuel said…

    Depois da Conferencia de Berlim a Alemanha e a Inglaterra tiveram interesses na colónia portuguesas em África, no caso da Inglaterra lançou mesmo um ultimato contra o mapa cor-de-rosa.
    Esse mapa consistia na união de Angola a Moçamique duas colónmias Portuguesas.
    O governo Portugues foi obrigado a ceder.

     
  • At 30.9.07, Anonymous Anónimo said…

    O mapa cor de rosa, era um mapa alternativo para dividir os gays e os heterosexuais, muito populares na altura. Como ainda não existiam gajas, até 1919 (altura em que apareceram as prostitutas) esse mapa deixou de existir, dando lugar ao mapa roxo, o mapa das lésbicas!

    Por Luciano André

     

Enviar um comentário

<< Home